Translate

quinta-feira, 11 de julho de 2013

BRISA... Nº0, ANO:O ABRIL DE 2002

“Enorme e vazio, tédio e solidão , cheio e vazio....”

“Lixo por todos os lados, um cigarro pra fumar, uma cachaça pra beber, indignação e radicalismo, perseguições ignorantes, solidões iminentes, pensamentos a se perder, olhares de desejo, implacáveis tímidos sentimentos, água refrescante deslizando suave, fumaça, manhã, uma brisa amarelada, uma viajem, um torpor, ritmo incessante, deprimente e dilacerante, constante e indiferente, movimentos rápidos, depressivos e desconcertante...”


“Me é necessário no momento (e em muitos outros momentos) para aliviar esse vazio...”

*...esse fiz também em 2002, algumas poesias e uma historinha de um role que me fudi muito, no hell de janeiro... 8 paginas, tamanho pequeno e todo desenhado a mão...

Nenhum comentário:

Postar um comentário