Translate

terça-feira, 23 de julho de 2013

COMEDOR DE MERDA... PREGUIÇOSO... LADRÃO, E CAIPIRA! ZINE #1, FEVEREIRO/MARÇO DE 2005

PUNX INVADEM O CENTRO PRA TOMAR MAIS UM GORÓ....



PUNK   PUNK   PUNK

Qualquer coincidência com acontecimentos ou algo já escrito não é mera coincidência....

PUNK  PUNK   PUNK

CREPÚSCULO

PUNK                   PUNK

“Trocou-se uma guerra estúpida por uma paz estúpida que talvez permita ao ditador salvar-se”.

Detrás da simpatia, muitas vezes se esconde sua real personalidade destruidora, exploradora e tirana, que pode significar desgraça, morte, hipocrisia e maldade.
Foi de 36 (trinta e seis) bilhões de dólares o faturamento anual em vendas contabilizado oficialmente no relatório de uma das maiores multinacionais atualmente. Essa empresa que assumiu terras onde eram florestas vivas e úmidas, para a produção de uma “escassa parte” de sua carne. Essa empresa, em tempos de tão crescente crise ambiental é “quase” que uma afronta aos princípios de “zelo” pelo significado da palavra “vida”, essa destruição de acres de fauna e flora variadas e quase extintas que a empresa promove “anualmente” sem cessar para ganho de futuros lucros. Alucinadamente esta empresa dispõe de uma excelente campanha de divulgação e alienação da “massa” perante a mídia (radio, cinema, televisão, campanhas beneficientes...), o que garante a mascara de beleza e confiança frente ao mercado consumidor de seus produtos. Além da publicidade a empresa mantem vínculos com outra das maiores companhias do capitalismo atual, que são como “irmãs” para o sucesso da empresa, servindo-lhe como alicerce sólido e absolutamente indestrutível para sua campanha e expansão. Perfeito exemplo disso é o dia mundial contra o câncer para angariar “fundos” para o “combate” dessa doença surgida em crianças, muitas vezes produzidas pelas próprias químicas utilizadas nos produtos. A maioria dos seus empregados é pobre e sem diversificadas opções de emprego, são pessoas jovens (talvez entre quatorze e vinte e três anos de idade), o que afirma a imagem jovial, atraente, bela e dinâmica...

Ah, um dia não como este, que me encontro, sentado em meu quarto, numa manhã ensolarada, embebido e satisfeito do café da manhã, lia, superficialmente, algumas cartas e panfletos que estavam na “minha” caixa postal, que por sinal estava lotada.

Havia algum tempo que não a olhava... pro vários motivos (trampo, preguiça...) não vem ao caso no momento. Um dos panfletos me chamou a atenção, não só pelo conteúdo, que me fez (faz) refletir, era intitulado “Comunicado em razão dos malefícios da “BigFood’s” Corporation, mas, mais pelo (ao meu ver) “dogmatismo” contido em suas frases... as vezes acho que um texto passa despercebido, porque não é “analisado” em todos seus aspectos... não era um panfleto dos mais “engenhosos”, mas era objetivo e bem organizado, com alguns subtítulos e textos que poderiam ser lidos sem ser necessário ler todo o panfleto, de acordo com o interesse da pessoa. A “meu” ver, em uma “análise” é preciso saber o que observar... como em um jogo de cartas, o jogador não se restringe apenas ao jogo e, apesar de o jogo lhe constituir o objeto atual da atenção, nem por isso rejeite as deduções que nascem dos objetos estranhos ao jogo.

*...esse zine que fiz em  2005 começa com um "conto" misturado com vários pensamentos/frases... muitas colagens, poesias, uma release do avskum e de dois zines da epoca, um meu e o outro o SUBURJ INFOCAOS, informativo dos punx daqui na epoca... 10 paginas tamanho A4....

Nenhum comentário:

Postar um comentário